Case de transportadora é destaque na ACMinas

Na segunda-feira (13), a Transportadora Andrade, associada ao Setcemg, participou da reunião do Conselho Empresarial de Produtividade da Associação Comercial e Empresarial de Minas Gerais (ACMinas) cuja pauta era “Cases de Sucesso”. A reunião foi realizada na sede da ACMinas, em Belo Horizonte.

O objetivo do encontro foi apresentar casos bem sucedidos de empresas referentes a resultados decorrentes do aumento de produtividade. No final do ano passado, a Transportadora Andrade foi uma das participantes do programa Lean Manufacturing, realizado por meio de parceria entre o Setcemg e o Sebrae-MG, por iniciativa da ComJovem BH e Região e com o apoio do Instituto de Competências Empresariais (ICE).

A Transportadora Andrade recebeu recomendações para a otimização de processos com a introdução de conceitos e ferramentas sobre um sistema produtivo eficiente eliminando perdas e obteve ótimos resultados, com uma média de 15% de aumento de produtividade. “O resultado foi uma grande mudança de cultura na minha empresa, que deixou o ambiente mais organizado e os processos mais eficientes”, destacou o diretor financeiro da Transportadora Andrade e membro da ComJovem BH e Região, Antônio Lodi.

“Um ponto fundamental para o sucesso de qualquer processo dentro de uma empresa são as pessoas e, principalmente, as lideranças. A partir das lideranças é que tem que começar qualquer mudança. E o Lodi entendeu esse trabalho do Sebrae, vislumbrou nele uma grande oportunidade de melhorar os resultados e acreditou na equipe dele, no potencial das pessoas para os resultados”, afirma o gerente do Setcemg, Renato Marques. “O Setcemg fica feliz com o resultado obtido pela sua associada e espera que outras empresas busquem essa mudança”, completa.

Sobre o Lean – Produção enxuta

O Sebrae-MG, por meio do Instituto de Competências Empresariais (ICE), aplica a metodologia para as micro e pequenas empresas. O objetivo é identificar os pontos fracos das empresas, onde estão os gargalos, e desenvolver processos para reduzir o desperdício de recursos e aumentar a produtividade e, consequentemente, o lucro das empresas.

O programa tem duração média de 4 a 5 meses e é subsidiado em 80% pelo Sebrae-MG. Os 20% restantes são investidos pelas empresas que aderirem ao programa. Na primeira turma, além da Transportadora Andrade, participaram as empresas Simaslog, LPK Logística, Agile e MG Cargas.

Novas turmas do Lean

Segundo o gerente do Setcemg, em breve o Sindicato e a ComJovem BH e Região irão realizar outros workshops para reunir transportadoras interessadas nas próximas turmas do Lean. “O Setcemg ficou muito satisfeito com a parceria com o Sebrae-MG. É uma proposta inovadora e em breve reuniremos uma nova turma de transportadoras”, finaliza Marques.

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.