CNT promove workshop sobre iniciativas de frete verde

Acordo Internacional

O evento é resultado de um acordo internacional firmado pela CNT e pelo SEST SENAT com o NRCan (Natural Resources Canada, o Ministério dos Recursos Naturais do Canadá) e o ICCT (International Council on Clean Transportation, o Conselho Internacional de Transporte Limpo). Também apoia o workshop a EPA (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos).  No âmbito do acordo de cooperação, há iniciativas para reduzir o impacto da atividade transportadora, como a oferta de cursos com certificação internacional, que já estão sendo ofertados pelo SEST SENAT.

O presidente da CNT e dos Conselhos Nacionais do SEST e do SENAT, Vander Costa, explica que o setor transportador tem consciência da necessidade de um transporte cada vez mais sustentável. Ele destaca o Despoluir – Programa Ambiental do Transporte), desenvolvido pela CNT e pelo SEST SENAT.  “O Sistema CNT tem desenvolvido diversas ações para estimular o transporte sustentável no Brasil. O Despoluir, por exemplo, surgiu nesse contexto, para ser um aliado, a fim de ajudar o transportador brasileiro a melhorar seu desempenho socioambiental. Queremos aprimorar, inovar, expandir e fortalecer ainda mais a atuação do programa em favor do desenvolvimento sustentável.”

Palestrantes

Entre os palestrantes internacionais confirmados no workshop, estão Alan McKinnon, professor de Logística da Universidade de Logística de Kuehne – Hamburgo (Alemanha); Cheryl Bynum, diretora do Programa SmartWay da Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA); Buddy Polovick, da Divisão de Transporte e Clima Agência de Proteção Ambiental dos EUA; Cristiano Façanha, diretor do Programa Drive to Zero da Calstart; Catalina Etcheverry, coordenadora ne Iniciativa da Secretaria da Coligação Clima e Ar Limpo da ONU; Damiana Serafini, consultora ambiental da World Business Council – Desenvolvimento Sustentável; Julio Villalobos, do Centro de Transporte e Logística, Universidade Andrés Bello/Chile; Luke Bond, analista sênior de Políticas do Ministério dos Recursos Naturais do Canadá (NRCan); Rachel Muncrief, vice-diretora do ICCT (Conselho Internacional de Transporte Limpo); e Orlando Dávila Vizconde, assistente econômico do Ministério dos Transportes e Comunicações do Peru.

Com informações do site da CNT

Deixe um comentário