Governador Romeu Zema anuncia onda roxa em Minas Gerais

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, em coletiva nesta manhã de terça-feira (16), decretou a onda roxa em todo o estado por 15 dias.

“Preservar a saúde e a vida das pessoas é nossa prioridade. Estamos vivendo um momento excepcional que exige medidas excepcionais. O nosso intuito é preservar vidas. Já estamos perdendo pessoas porque não tem atendimento. É uma questão humanitária”, diz o governador ao anunciar o aumento das restrições no estado.

Foi anunciado o toque de recolher das 20h às 5 horas da manhã. Neste horário, somente está liberado para funcionar delivery e retiradas no balcão, movimentações nas ruas somente no setor de saúde e na segurança.

Os transportes são considerados serviços essenciais e, portanto, não haverá restrições. No entanto, é necessário seguir todos os protocolos.

Quanto às vacinas, o governador afirmou que o povo mineiro poderá ficar tranquilo pois não ficará sem vacina. Todos os esforços estão sendo feitos com negociações adiantadas  para aquisição.

Encerrando a coletiva o governador fez um alerta sobre a circulação de fake news, lembrando que as informações corretas estão nos sites oficiais do governo e  em suas redes sociais.

Ao final, Romeu Zema fez um apelo para que o povo mineiro contribua para que o estado atravesse esse momento único de dificuldades seguindo as restrições necessárias.

Confira a coletiva de imprensa do governador Romeu Zema, o secretário de Estado de Saúde (SES-MG), Fábio Baccheretti, e o comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), coronel Rodrigo Sousa Rodrigues, aqui.

Deixe um comentário