IR E VIR SEGURO – PREVISÃO É DE MUITAS CHUVAS EM MINAS GERAIS

telefone-uteis-ir-e-vir

Defesa Civil alerta para chuvas de até 200 mm nas próximas 48 horas em Minas Gerais

As regiões Central, Zona da Mata e Campo das Vertentes têm maior possibilidade de chuvas intensas, segundo os dados meteorológicos mais recentes

 

  • ícone de compartilhamento

 

Defesa Civil de Minas Gerais alerta a população do estado sobre a previsão de fortes chuvas em Minas Gerais, podendo chegar a 200mm em algumas localidades, durante as próximas 48 horas, entre esta quinta-feira (5/1) e a sexta-feira (6/1). As chuvas são causadas pelo avanço de uma frente fria pelas regiões Central e Sul do estado, conforme dados do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

As localidades com possibilidade de maior incidência das chuvas intensas, segundo os modelos meteorológicos utilizados pela Defesa Civil, são as regiões Central, Zona da Mata e Campos das Vertentes.

O tenente-coronel Sandro Corrêa, chefe da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, explica que todos os alertas são preventivos, visando a proteção da população. “Trabalhamos sempre para alertar com a maior antecedência possível sobre a possível incidência de chuvas. É preciso que estejamos preparados e atentos para evitar problemas”, diz o tenente-coronel.

A Defesa Civil de Minas Gerais frequentemente divulga alertas sobre chuvas em suas redes sociais (Instagram e Twitter). Além disso, é possível receber os alertas via SMS. Basta enviar o CEP para o número 40199. Dessa forma, o celular é cadastrado e o usuário receberá as mensagens automáticas comunicando eventos severos na localidade indicada.

Dicas de autoproteção

O tenente-coronel Sandro Corrêa também reforça a necessidade de a população estar atenta para se proteger e, principalmente, prevenir acidentes que podem ser provocados pela força das águas. Entre as principais dicas estão as recomendações para que as pessoas nunca se abriguem embaixo de árvores ou de proteções metálicas frágeis, que podem apresentar risco de quedas; evitem trafegar por áreas alagadas e por regiões próximas a rios e cachoeiras; e não permaneça nas proximidades de janelas, portas, canos e outros objetos metálicos.

“Sempre reforçamos que as medidas preventivas são capazes de salvar vidas. Por isso, é tão importante que as pessoas se conscientizem e também reforcem as dicas e os alertas aos amigos, familiares e vizinhos. Muitas vezes são ações simples, ter um pouco mais de atenção e não se expor ao risco de forma desnecessária”, diz o tenente-coronel.

Fonte: Agência Minas

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.