Maio Amarelo – cuidado com a vida

Maio é o mês que acende o sinal de alerta sobre o alto índice de mortos e feridos em acidentes no trânsito. Como sindicato patronal das empresas de transportes de cargas no estado, o Setcemg abraça o Maio Amarelo com a campanha “Cuide de sua vida e da vida de quem pega a estrada com você”.

Sobre o cenário atual de nossas estradas, o Sindicato teve acesso a dois tipos de dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre o número de acidentes nas principais rodovias federais de Minas Gerais, que envolvem veículos de cargas e os que não são.

De janeiro de 2018 a abril deste ano, a PRF registrou 9.715 acidentes envolvendo carros, motos, ônibus etc, que resultaram em 697 mortes e em 2.689 feridos em estado grave. No mesmo período, a PRF também contabilizou 3797 acidentes que envolvem veículos de carga; 153 mortes; 399 feridos em estado grave.

Os dados são preocupantes e revelam: mesmo que o tráfego de caminhões seja mais frequente nas estradas mineiras, o número de acidentes com carros, ônibus e motos são mais que o dobro, se comparado aos registros de acidentes com veículos de carga. Diante disso, sabemos do nosso papel de conscientizar a todos.

Estamos em campanha permanente por um trânsito seguro. Sabemos que a maioria dos acidentes podem e devem ser evitados. Muitos deles acontecem, segundo a PRF, por falha humana. Contra essa realidade, o Setcemg investe em capacitação, participa e oferece treinamentos para suas associadas, bem como divulga os cursos de qualificação do Sest/Senat. Na esfera pública, trabalhamos para aprovação da Lei do Motorista, que obriga o descanso entre jornadas e paradas durante longos percursos.

O Setcemg faz sua parte. No entanto, é necessário que o poder público acabe com a precariedade das nossas rodovias e faça as manutenções devidas. Muitas estão com traçado indesejado e em péssimo estado de conservação – buracos, vias sem sinalização e acostamento.

Uma rodovia segura evita acidentes e mortes. De nada adianta o motorista respeitar as leis de trânsito, usar o cinto de segurança se o estado não faz a sua parte. Esta é a nossa mensagem neste Maio Amarelo.

Gladstone Lobato – presidente do Setcemg

Posts Relacionados

Deixar um comentário