QUADRILHA DE ROUBO DE CARGA QUE ATUAVA EM MINAS GERAIS É PRESA

Quatro integrantes de uma quadrilha de roubo de cargas em rodovias mineiras foram presos na manhã desta quarta-feira (10/3), em consequência de uma ação integrada entre as polícias civis de Minas Gerais, de São Paulo e Polícia Rodoviária Federal (PRF), dentro da Operação Viatorem, que cumpriu ainda sete mandados de busca e apreensão. As prisões aconteceram nas cidades de Campinas, Cosmópolis, Vinhedo e Guarulhos.

Segundo as investigações, os integrantes do grupo criminoso é formado, basicamente, por criminosos de São Paulo e da Região Nordeste do país, sendo que eles agiam, também, em outras rodovias do país. Um dos crimes apurados tendo esse grupo como responsável, o roubo de um carregamento de cosméticos, causou prejuízo de R$ 1 milhão.

Os quatro presos nesta quarta-feira já haviam sido presos pela PRF, em novembro do ano passado, quando os policiais recuperaram a carga de cosméticos, que tinha sido roubada em Carmópolis de Minas, no Centro-Oeste mineiro. Na ocasião, o motorista foi mantido em cárcere privado.

O material roubado foi recuperado no mesmo dia, em Pouso Alegre, no Sul de Minas. Um dos presos tinha mandado de prisão por roubos na região de Montes Claros, Norte de Minas.

A Operação Viotarem é uma continuidade da Operação ‘Hot Wheels’, deflagrada em dezembro do ano passado, em um trabalho conjunto entre as Forças de Segurança.

A Polícia Civil mineira contou com a participação de policiais da Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto, Roubo e Desvio de Cargas, Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri).

Além das polícias mineira e paulista, a Operação Hot Wheels contou com as participações de policiais de Sergipe, Pernambuco e Bahia, assim como da Guarda Municipal de Indaiatuba (SP). No total, eram mais de 200 policiais.

Fonte: Uai

Deixe um comentário