SÉRGIO PEDROSA PARTICIPA DE FÓRUM SOBRE SUSTENTABILIDADE

O presidente da Fetcemg, Sérgio Pedrosa, participou, nesta semana do II Fórum Transporte Responsável realizado pela revista Transporte Atual e Fabet, Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte, com o patrocínio da Mercedes Benz Caminhões e transmitido pelo canal do Youtube.

O objetivo principal do II Fórum Transporte Responsável foi debater as mudanças no transporte rodoviário de cargas impulsionadas pela pandemia e expor a maneira como o setor vem superando esse momento dentro do tripe da sustentabilidade, pilar do prêmio Transporte Responsável.

Sérgio na abertura de seu depoimento falou sobre como foi inesperada para todo o mundo a pandemia da Covid 19. “Ninguém imaginava enfrentar a pandemia por um período tão longo e de forma tão intensa. Estamos a 18 meses de sua duração e não sabemos, ainda, quando irá terminar”.

Nesse período os transportadores enfrentaram todos os desafios impostos pela pandemia sem parar um dia sequer, abastecendo as cidades e levando segurança à sociedade. “Estamos passando com competência a crise e deixo meu agradecimento aos nossos motoristas que enfrentaram as incertezas e os seus medos para abastecer nosso país”, disse.

Contudo, Sérgio destacou a valorização do trabalho dos transportadores pela sociedade e pelos clientes, que vem desde a paralisação dos caminhoneiros, intensificando-se com a pandemia.  “Todos perceberam o quanto o setor do transporte é necessário e por isso prioritário”.

Finalizando falou dos esforços do Sest Senat em qualificar os profissionais do setor e especial o motorista de caminhão.

Saiba o que é o Prêmio Transporte responsável

Criado em 2010 pela revista TRANSPORTE MUNDIAL em parceria com a FABET, o Prêmio Transporte Responsável tem o objetivo de reconhecer e dar visibilidade às práticas das transportadoras que têm em sua conduta o tripé da sustentabilidade (econômica, social e ambiental), com claros benefícios para as pessoas e, consequentemente, geração de uma imagem positiva do setor de transporte e melhoria da rentabilidade.

Deixe um comentário