MINAS GERAIS MANTÉM PREVISÃO DE NOVO RECORDE DA SAFRA DE GRÃOS 2020/2021

Estimativa é de 17,5 mi de toneladas, um crescimento de 14% sobre a safra anterior

O feijão também deverá registrar um aumento de 5,9% na produção total, alcançando 588,1 mil toneladas. A área destinada ao cultivo deve crescer 2,7%, chegando a 355,1 mil hectares. Para a produtividade é aguardado um ganho de 1,7%, registrando 1.656 kg/ha. Este bom resultado se deve principalmente pela expansão da área do feijão 1º safra, de 4,1%, acumulando 151,5 mil hectares. A produção deve alcançar 224,4 mil toneladas, 15,6% superior à safra passada.

Outro grão com estimativa de crescimento na produção é o amendoim (+34,7%), atingindo 6,6 mil toneladas. O aumento é decorrente da expansão de 29,4% na área cultivada, com cerca de 2,2 mil hectares. A produtividade deve crescer 3,6%, chegando a 3.013 (kg/ha).

Girassol

Minas Gerais mantém a expectativa de crescimento também na produção de girassol, com alta de 50% na produção, atingindo 0,3 mil toneladas. Este resultado se deve ao crescimento de 100% na área destinada ao cultivo, que passou de 0,1 mil para 0,2 mil hectares.

Para os demais grãos (algodão em caroço, arroz, sorgo e trigo) a tendência é de queda na produção em relação à safra passada. O algodão em caroço terá redução de 18,2%, registrando 131,9 mil toneladas. Para o arroz a redução da produção será de 13,4%, com 7,1 mil toneladas. Estima-se queda de 0,8% na produção de sorgo (775,7 mil toneladas) e, também, para o trigo, que deverá sofrer uma retração de 4,4%, registrando 217,1 mil toneladas.

Fonte: Agência Minas

imagem de destaque

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.