“É PRECISO GARANTIR VACINA PARA TODOS”, DIZ O PRESIDENTE DA CNT

Com um mote simples e objetivo, #VacinaJá – o Brasil tem pressa, a CNT, Confederação Nacional do Transporte lançou nesta semana uma campanha nacional de apoio à vacinação em massa.  O presidente da entidade, Vander Costa, reafirmou a necessidade da vacina para todos e da transparência na distribuição.

O movimento busca chamar atenção da sociedade para a extrema necessidade da imunização em massa dos brasileiros – a fim de retomar plenamente a vida econômica do país –, incentivar o uso de máscaras por parte da população e reforçar a disposição do setor de transporte em contribuir para acelerar a logística da vacinação no país.

“Colocamos toda nossa estrutura, nossas unidades do Sest Senat, à disposição dos governos para colaborar com a vacinação; e as empresas de aviação estão prontas para fazer com rapidez o transporte das vacinas até os estados”, explicou o presidente da CNT, Vander Costa.

Ele lembrou a agilidade com que foi feita a vacinação da Influenza no ano passado. “Vacinamos 500 mil pessoas por dia. A logística tem que ser a mais simples possível e temos a estrutura do SUS com sua capilaridade. Não é hora de olhar o passado, mas de garantir o futuro”.

Para ele, é preciso despolitizar o processo de compra das vacinas, cada órgão da federação exercer sua função e buscar transparência na sua distribuição e aplicação. “Todos têm que ser vacinados”.

Ele acredita que até abril o país terá 100 milhões de vacinas e poderá vacinar 50 milhões de pessoas, chegando ao patamar de 25% de sua população vacinada, diminuindo a pressão sobre o sistema de saúde.

Neste momento, o presidente defendeu o uso de máscaras, os protocolos de higienização e o isolamento social, lembrando que  todos que puderem fiquem em casa e se protejam.

Deixe um comentário