GOVERNO ANUNCIA AÇÕES PARA CAMINHONEIROS

Governo federal anuncia ações para caminhoneiros

Intitulado de Gigantes do Asfalto, programa prevê benefícios para o transportador autônomo; SEST SENAT oferece certificação para esses profissionais

Por Agência CNT Transporte Atual

 

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, o governo federal lançou, nesta terça-feira (18), o Gigantes do Asfalto. O programa está baseado em três eixos: infraestrutura; regulamentação de serviços; e incentivo e qualidade de vida.

O programa será coordenado, supervisionado e monitorado pela Conatt (Comissão Nacional de Autoridades de Transportes Terrestres). A comissão deverá se articular com entidades públicas e privadas que possuam programas, projetos e iniciativas relacionadas ao Gigantes do Asfalto.

Entre as principais medidas anunciadas, estão as condições especiais em linhas de crédito e serviços de banco. A primeira ação prevê que o caminhoneiro cliente da Caixa Econômica Federal terá isenção da primeira anuidade do cartão de crédito e descontos na cesta de serviços e na taxa de administração de previdência privada.

Além disso, o banco ampliou a campanha de renegociação de dívidas Você no Azul, com condições facilitadas no parcelamento e na quitação das dívidas, disponíveis até 30 de junho. A categoria também terá acesso à linha de crédito Giro Caixa Fácil Caminhoneiro, a partir do final do mês de junho, que prevê a antecipação de recebíveis de frete. A adesão será simplificada, e o pagamento antecipado será feito diretamente e sem custos ao caminhoneiro. A Caixa também anunciou o financiamento a projetos para os pontos de parada e descanso em postos de combustíveis ou restaurantes nas estradas. A linha de crédito exclusiva será ofertada em operações específicas conforme cada projeto.

Veja os decretos e as medidas provisórias que também foram anunciados durante o lançamento:

DT-e – O Documento de Transporte Eletrônico (DT-e): plataforma tecnológica que irá simplificar, reduzir burocracia e digitalizar a emissão de documentos obrigatórios. O documento vai substituir os cerca de 41 documentos diferentes necessários atualmente para emissão em uma viagem de origem e destino. O uso experimental do documento começa em julho deste ano, de forma não obrigatória, em determinadas rotas e com cargas de granel sólido vegetal. A expectativa é que, no primeiro semestre de 2022, a operação comece a ser obrigatória para o transporte de cargas.

Antecipação de Recebíveis: modelo de antecipação dos valores a receber pelo serviço de frete, no qual o caminhoneiro autônomo poderá definir, a menor taxa de desconto a ser contratada junto a agentes financeiros formais. Os títulos representativos dos recebíveis de fretes serão vinculados a documentos fiscais eletrônicos gerados pelos fiscos estaduais e pela Receita Federal do Brasil (RFB), ou ao DT-e.

Mudança na pesagem: o aumento do limite será de 10% para 12,5% na pesagem por eixo, além de extinguir a tolerância de peso por eixo para os veículos com peso bruto total (PBT) inferior a 50 toneladas.

Alteração no CTB: caso o veículo seja retido com alguma irregularidade e não seja possível sanar no próprio local da infração, ele poderá ser liberado, desde que ofereça condições de segurança para circulação. O documento será recolhido e, mediante regularização do veículo não superior a 15 dias, será devolvido.

Pontos de Parada e Descanso: a portaria n.º 471/20 do Ministério da Infraestrutura definiu os procedimentos para os estabelecimentos comerciais situados nas rodovias sejam reconhecidos como pontos de parada e descanso.

Capacitação para autônomos

O SEST SENAT, em parceria com a CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos), lançou, na última semana, a Certificação Profissional para Caminhoneiros Autônomos. Os cursos são gratuitos para os caminhoneiros autônomos contribuintes do SEST SENAT.

O treinamento é formado por cinco módulos na modalidade a distância e o presencial de Eficiência Energética, que é oferecido nas unidades operacionais do SEST SENAT. A prova prática é realizada nos simuladores de direção do SEST SENAT. Ao concluir todos os módulos e com a aprovação na prova prática, o caminhoneiro recebe a Certificação Profissional.

Fonte: Agência CNT Transporte Atual

Deixe um comentário

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.