Programa de Gestão forma sua 35ª turma em Belo Horizonte

Emoção, determinação e a alegria do dever cumprido marcaram a finalização de mais um curso de Especialização em Gestão de Negócios, promovido pelo Sest Senat e coordenado pelo ITL (Instituto de Transporte e Logística). A formatura aconteceu nesta quinta-feira (12/12), no auditório da Fundação Dom Cabral (FDC) em Belo Horizonte, com permissão para lágrimas emocionadas, palmas, elogios e muitos abraços de confraternização.

Foram capacitados 43 profissionais especialistas em Transporte. Essa foi a 35ª turma do curso ministrado pela Fundação Dom Cabral (FDC), que recebeu a alcunha carinhosa de “Turma da Simplicidade” pela coordenadora dos Programas de Especialização da FDC, Silene Magalhães.

“Se tem algo que este grupo tem em comum, é a simplicidade. Os projetos de finalização de curso foram simples e de muita efetividade. Acredito que este é o caminho”, disse a coordenadora, elogiando a afinidade da turma, ao abrir a celebração.

Homenagem

Confirmando o “selo de simplicidade”, a 35ª turma escolheu para homenagear um colega de grupo: Adriano Duarte, que iniciou no “chão de fábrica” e foi galgando espaços com seu trabalho e determinação. “Comecei no transporte com o caminhão de leite, depois fui efetivado na Transvalente. Tive pessoas impressionantes na minha vida, que no meio de tantas outras me acharam. Só tenho a agradecer”, disse emocionado.

Programa Avançado de Capacitação do Transporte – mudança de paradigma

Criado em 2013 pelo ex-presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Clésio Andrade, o programa tem como objetivo capacitar gestores para contribuírem com o desenvolvimento do transporte brasileiro, de forma integrada, em todos os modais.

O programa já formou cerca de 2.200 gestores e executivos do transporte, atendendo 700 empresas de vários modais, em 44 turmas espalhadas por todo o país. Todos os cursos da capacitação são ministrados pela FDC, que está entre as 10 melhores escolas de gestão do mundo ranqueadas pelo Financial Times.

“Temos certeza que isso está mudando paradigmas, trazendo um novo transporte para o Brasil. Isso tem mudado as empresas não somente do ponto vista econômico e financeiro, como também nos processos internos e na gestão de pessoas”, avalia João Victor Mendes de Mendonça, diretor executivo do ITL.

O sucesso da pós é confirmado pelo aumento exponencial no número de inscritos. Inicialmente, para turmas de 40 gestores, havia uma demanda de 45 pessoas, hoje são cerca de seis candidatos por vaga.

Mudanças nas empresas

A diretora do Sest Senat em Minas, Dora Machado, acompanha de perto a pós e é uma incentivadora.  “A concorrência aumentou muito e o resultado obtido pelas empresas é muito positivo e os empresários têm incentivado cada vez mais que seus filhos e colaboradores façam o curso”.

Um exemplo, é a Expresso Nepomuceno, tradicional empresa de transporte rodoviário de carga, grande adepta da capacitação. A empresa participou da primeira pós em Belo Horizonte, e celebrou, na quinta-feira, a formatura de seu oitavo colaborador.

“Este curso vem muito de encontro ao que queremos, a capacitação das nossas lideranças. Um curso direcionado para o transporte, com uma amplitude que não encontramos no mercado”, diz Agnaldo de Souza Filho, diretor-presidente da Expresso Nepomuceno, que prestigiou a formatura da 35ª turma.

Os projetos

Os resultados positivos para as empresas são confirmados pelos próprios projetos de finalização de curso. Todos têm que ter uma vinculação com a realidade das empresas e serem exequíveis.

Uma das estratégias utilizadas e que tem dado bons resultados é a convivência entre os diversos modais. “Percebemos que isso possibilita muitas trocas e tem dado muito frutos. Sabemos que nossos objetivos são ousados: mudar a cabeça dos tomadores de decisões para transformar o setor transportador”, diz Vinícius Ladeira, diretor-adjunto do Sest Senat.

Um dos projetos apresentados pela 35ª turma foi o de adaptar as informações dos painéis utilizados nos aeroportos para as rodoviárias. Usar a tecnologia para que o usuário saiba o momento que seu ônibus irá chegar. “Já temos o aplicativo com as informações de previsão de chegada no transporte urbano. O nosso projeto é oferecer essa informação nos terminais rodoviários para os passageiros intermunicipais”, explicou Bernardo Mansur, coordenador Comercial da Unidas.

Para além da experiência com a formatação e execução dos projetos, Glaucilene Placides Pereira, da Confins Transportes, falou sobre o impacto do curso no seu trabalho. “Encontramos todas as novas práticas de mercado, professores muito capacitados, um curso que prende sua atenção do início ao fim. Em cada módulo era uma novidade que levávamos para empresa”.

Boas expectativas para 2020

Durante a celebração, o diretor do ITL anunciou novas capacitações nas áreas de recursos humanos e financeira, além de programas voltados para inovação com whorkshop e visitas técnicas a países polo de irradiação tecnológica. Além, das oito novas turmas da pós Especialização em Gestão de Negócios para 2020.

Segundo ele, a formação e a capacitação das lideranças e colaboradores do setor de transporte iniciadas e idealizadas por Clésio Andrade, tem todo o apoio do atual presidente, Vander Costa.

Deixar um comentário